Notícias PMPE

Notícia publicada em 05/11/2019 | 16:25

BEPI INICIA 28º CIOSAC

foto-noticia

AULA inaugural contou com 71 alunos

Na manhã desta segunda-feira (4) aconteceu, no auditório da FCAP, a aula inaugural do 28º Curso Intensivo de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga (CIOSAC). Na ocasião estiveram presentes o diretor de Ensino Instrução e Pesquisa, coronel Alexandre Cruz, o diretor adjunto da DIM, coronel Perez, o coronel Ely Jobson, diretor adjunto da DIRESP, entre outras autoridades civis e militares.

O coronel Jamerson, DINTER II, palestrou para os alunos e falou sobre a história da unidade, desde sua gênesi, no ano de 1997 até os dias atuais. Em suas palavras ele lembrou aos alunos sobre a importância de estarem ali. “Nós queremos que todos vocês concluam esse curso, com êxito, para o crescimento de vocês e também desta unidade”, disse o coronel.

 

Este é o primeiro CIOSAC sob o comando do major Flávio França, que se orgulha de estar a frente do BEPI. Ele lembrou do primeiro curso, realizado no ano de 1997, que teve como coordenador o, hoje, comandante geral da corporação, coronel Vanildo Maranhão. “Após 22 anos estamos dando início ao 28º CIOSAC, quero parabenizá-los por estarem aqui, dentre mais de 500 inscritos apenas 71 estão iniciando o curso”, falou o comandante.

 

Dentre os 71 alunos, seis são estrangeiros, são dois policiais da PM do Piauí, um de Alagoas, um do Mato Grosso, um policial civil e um bombeiro militar, ambos de Pernambuco. Representando a nossa corporação são 65 homens, de diversas unidades de área e unidades especializadas.

 

Ex-comandante da unidade, o coronel Ely Jobson, discursou. “Desejo que aproveitem cada momento, é um curso difícil, mas são em momentos difíceis que as grandes oportunidades acontecem, perseverem”, disse o coronel.

 

Serão 45 dias no sertão pernambucano, dias intensos, de muito aprendizado, os futuros Guerreiros de Caatinga passarão por diversas instruções, dentre elas Sobrevivência na Caatinga, Rastreamento, Tiro Tático, Operações Ribeirinhas, Montanhismo, Patrulha Rural, Patrulha Urbana e Operações Helitransportadas.

 

O coronel Alexandre Cruz, DEIP, desejou sorte, felicidade e empenho nesta jornada. “Aproveitem ao máximo para, ao fim, usar o brado, Sertão.

Fonte: FOTO: Divulgação/PMPE.