PMPE é campeã em dose tripla no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu

É ouro! Três policiais militares da PMPE, que participaram do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu de 2022, nesta sexta(13), no Ginásio José Correa, em Barueri-SP, ficaram em primeiro lugar em suas categorias. A policial militar lotada na 1ª Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente(CIPOMA), cabo Vandreza, venceu a categoria master1/faixa roxa/pesado. O soldado Luiz Eduardo, lotado no Centro Tático de Treinamento(CTT), também levou a melhor na categoria adulto/peso pesado/faixa branca. Já o sargento Elias Damásio, caveira do BOPE e hoje lotado no Tribunal de Justiça(TJ), lutou na categoria Master 4/faixa roxa/pesadíssimo e também saiu em primeiro lugar.

Essas conquistas são resultado de muito treino e empenho desses atletas. O sargento Elias Damásio, desde os oito anos de idade, pratica artes marciais. Ele tem várias conquistas em seu currículo e iniciou com taekwondo, onde tem faixa preta, é contramestre de capoeira e faixa preta em krav magá, além de professor de muay thai. Em 2001, ele começou sua trajetória no jiu-jitsu, com o mestre Rostan Lacerda durante o curso da CIOE, hoje Batalhão de Operações Policiais Especiais. Após uma pausa por motivos pessoais, retornou em 2015 com o professor Luciano Pio, com quem está até hoje e também é mestre dos outros dois campeões. O técnico ainda treina equipes de unidades da PMPE como o BOPE, o Batalhão de Choque e a Companhia Independente de Policiamento com Motocicleta.

Já a soldado Vandreza, iniciou no esporte em 2014, se afastou em 2015 para ingressar na PM, voltando ao ritmo dos treinos no início de 2016. De lá pra cá, ela vem somando várias conquistas em campeonatos importantes.

E o soldado Luiz Eduardo conheceu o jiu jitsu com 10 anos. Logo após, seu antigo treinador se mudou para o exterior e ele, com 13 anos, conheceu o Judô, onde se dedicou e ganhou vários títulos importantes de lá pra cá. Em 2016 ingressou na PM e por referência de colegas da profissão, resolveu migrar para o jiu jitsu para aprimorar as técnicas de combate no chão para o judô. Este ano, já ganhou diversos campeonatos na modalidade e promete ir além, competindo em torneios internacionais, assim como seus colegas de profissão.