Prova Hípica no RPMon celebra os 198 anos da PMPE com demonstrações e competição

Na manhã deste sábado, 10 de junho, foi realizada um prova hípica no Regimento de Polícia Montada – RPMon. O evento faz parte de uma série de comemorações pelos 198 anos da PMPE e tem como objetivo reunir cavaleiros e amazonas para a prática da equitação. O competição ocorreu na sede do RPMon, em San Martin.

 

No início do evento, policiais do RPMON realizaram uma breve demonstração de como é o trabalho de doma e reprodução dos cavalos, apresentando um potrinho, uma égua prenhe e um garanhão. Em seguida, houve uma demonstração das atividades desenvolvidas pelo Regimento nas ruas, mostrando procedimentos da abordagem a cavalo. Também foi realizada uma demonstração de hipismo, importante para a prática da atividade policial nas ruas, incluindo a transposição de obstáculos. Além disso, houve uma apresentação de Choque Montado, mostrando como funciona essa ação da tropa hipomovel. A equoterapia, atividade de método terapêutico, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de necessidades especiais, também foi demonstrada através de algumas crianças que são atendidas na unidade. Após essas apresentações, teve início a prova hípica.

 

O evento contou com a participação de 39 competidores, divididos em 13 equipes, incluindo policiais militares do RPMON, tanto da ativa quanto da reserva remunerada, além de alunos do Colégio da Polícia Militar (CPM) e do Colégio Militar do Recife. A equipe vencedora do torneio foi o trio: Coronel Tavares, montando com o cavalo Couraçado DC, o Sargento Souto Maior com a egua Ucrânia DC e o soldado Josinaldo com Biguá DC. O campeão individual foi o coronel Tavares e a vice-campeã e 3º lugar a tenente coronel Denize, Comandante do Regimento.

 

Estiveram presentes no evento, o Diretor de Planejamento Operacional, coronel Alexandre Tavares, representando o Comandante Geral da PMPE. Além dele, estiveram o Diretor Integrado Metropolitano, coronel Cleto Ribeiro, o Diretor Adjunto Integrado Especializado, coronel Luiz Ignácio, assim como a comandante da DASDH, Coronel Cristiane Vieira e a comandante da RPMON, tenente coronel Denize Manso, além de veteranos e outras autoridades militares.