PM descobre e fecha fábrica clandestina de fumo no Agreste

 

Uma fábrica clandestina, que falsificava fumos de marca, foi descoberta por policiais militares do 9º BPM, segunda-feira (19/06), em Saloá, no Agreste pernambucano. O efetivo realizava rondas no bairro de Jardim Petrópolis, em Garanhuns, quando um popular informou que no Sítio Lajedo, na cidade vizinha, havia uma movimentação intensa de veículos e pessoas carregando pacotes.

Foi feito o deslocamento até o local, com a impressão de que estaria ocorrendo tráfico de drogas, mas na realidade foi constatado que se tratava da fábrica, onde eram falsificadas marcas como Maratá, Super Bom, Saci, Suave e Rocha. Quatro pessoas estavam no local e foram presas embalando o material fabricado.

O fumo não estava em local adequado à manipulação e exposto a ratos, sendo nocivo à saúde pública. No local foram apreendidos quatro seladoras, 70 sacos de fumo a granel, 253 sacos de fumo embalados, 34 sacos de embalagens, 25 pacotes de sacos pretos e cinco balanças digitais. Todo o material e os envolvidos foram apresentados na Delegacia de Bom Conselho, para adoção das medidas cabíveis.